Autores

Cor Gamboa Marques
Cor Silva Vitória

Agradecimentos

Símbolos
Armas da Guarda Fiscal

1.1. Nos finais da década de 1970 foi considerado que o cumprimento da missão atribuída à Guarda Fiscal, dada a sua complexidade e importância e a grande dispersão do dispositivo, exigia que entre os seus militares existisse um arreigado espírito de corpo. Assim, promoveu-se a criação do Brasão de Armas da Guarda Fiscal cujo modelo, que foi considerado pelo Gabinete de Heráldica do Exército tecnicamente correto e esteticamente perfeito, foi aprovado pela portaria n.º 149/80 de 2 de Abril que contém a sua descrição heráldica

GUARDA FISCAL

 

2.2. Em virtude de ter sido conferido à Guarda Fiscal o Título de Membro Honorário da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor Lealdade e Mérito, por Alvará de 20 de Setembro de 1985 o Brasão de Armas da Guarda Fiscal aprovado pela portaria n.º 149/80 de 2 de Abril deixou de estar em vigor. Assim, pela portaria n.º 20/86 de 17 de Janeiro foi aprovado o novo Brasão de Armas e respectiva descrição heráldica

3. 3. Nos termos do n.º 5 do art. 14.º da Lei Orgânica da Guarda Fiscal aprovada e posta em execução pelo Decreto Lei n.º 373/85 de 29 de Setembro, a Portaria n.º 530/89 de 12 de Julho aprova os modelos dos Brasões de Armas da Guarda Fiscal, do seu Comando Geral, Centro de Instrução, Unidades e Comandos Regionais e define as respectivas descrições heráldicas.
(NOTA: Imagens cedidas por José Sesifredo Estevéns Colaço e Repartição de Heráldica e História Militar – Secção de Heráldica)
 

GUARDA FISCAL

 

 

 

 COMANDO GERAL  CENTRO DE INSTRUÇÃO
   

 BATALHÃO N.º 1

 BATALHÃO N.º 2
   
 
BATALHÃO N.º 3
 
BATALHÃO N.º 4
   
 
COMANDO REGIONAL DA MADEIRA
 
COMANDO REGIONAL DOS AÇORES
   

 

4.Extinta a Guarda Fiscal pelo Decreto-Lei n.º 230/93 de 26 de Junho e criada pelo mesmo diploma a Brigada Fiscal como unidade especial da GNR, surge o seu Brasão de Armas

 
Crachá

Por despacho do comandante geral da Guarda Fiscal de 30 de Junho de 1965 foi criado um crachá de serviço, classificado corno material de guerra com o fim de se distinguir rapidamente o pessoal que se encontre em determinadas situações de serviço.
Com uniforme devia ser colocado sobre o bolso esquerdo do dolman, camisa e blusão. Sem uniforme devia ser colocado na parte interna da banda esquerda do casaco ou, na impossibilidade de se obter a sua ocultação completa, na parte interna esquerda do casaco.

 
Guiões da Guarda Fiscal

Os modelos dos Guiões das Unidades da Guarda Fiscal foram aprovados pela portaria n.º 21447 de 6 de Agosto de 1965 tendo tomado parte nas comemorações do Dia da Guarda Fiscal que teve lugar pela primeira vez em 21 de Setembro do mesmo ano na Praça do Império, em Lisboa.

 Guarda Fiscal   Bat 1/GF   Bat 2/GF   Bat 3/GF
   
 CI 1/GF  CI 2/GF  CI 3/GF  CI 4/GF