Figuras e Factos MUSEU DAS APREENSÔES
MUSEU DAS APREENSÔES

O Museu das Apreensões também conhecido por Museu dos Contrabandistas estava instalado no edifício do Largo do Terreiro do Trigo, sede da Circunscrição Sul da Guarda Fiscal, em salas a esse fim destinadas. Ali eram expostos diversos objetos relacionados com o contrabando e descaminho provenientes de apreensões nomeadamente das efetuadas ao longo da linha fiscal de barreiras de Lisboa guarnecidas por subunidades da Circunscrição Sul da Guarda Fiscal bem como armas, fardas, equipamento  e objectos utilizados na actividade de fiscalização.

Foi extinto em 1919 tendo constado que seu espólio teria sido recolhido no Museu da Alfândega,o que não foi possível confirmar.

No número especial da Revista da Guarda Fiscal comemorativo do 1.º Centenário, da autoria do Coronel Manuel Aboim Sande Lemos, é feita referência a este museu (pag, 44).
A revista Ilustração Portuguesa de 12 de novembro de 1906 insere um artigo da autoria de Rocha Martins sobre o mesmo assunto com o título A ARTE DE BEM CANDONGAR - O MUSEU DOS CONTRABANDISTAS, que pode ler AQUI.